Pages Menu
Facebook
Categories Menu

Posted | 0 comments

Um Cristão deve observar o domingo?

Não, um discípulo de Cristo não é chamado a observar o domingo, no sentido que ele não é chamado a abster-se de qualquer trabalho nesse dia, coisa que eram chamados a fazer os Hebreus no dia de sábado segundo a lei de Moisés.

A tal propósito é bom fazer esta precisão, dado que entre os trabalhos proibidos no dia de sábado está o de acender fogo nas casas, quer para cozinhar, quer para aquecer, (cfr. Ex. 35:1-3). Se alguém observa o domingo no lugar do sábado judaico é preciso que se abstenha também de fazer estas coisas, com os inevitáveis problemas que surgiriam. O problema não é porém o de abster-se de fazer qualquer trabalho no dia de domingo, porque isso é permitido a quem faz diferença entre o domingo e os outros dias porque para o Senhor o faz (e eu não sinto que deva julgar quem tem esta convicção pessoal e age em conformidade com ela), mas o facto de que se se começa a impor observar o domingo como os Hebreus observam o sábado, então não se age mais segundo a caridade porque se quer impor a outros uma própria convicção pessoal sobre um dia da semana.

Paulo a respeito das opiniões sobre dias disse:

“Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente convicto em sua própria mente” (Rom. 14:5).

Um crente portanto não pode no caso de julgar o domingo diferente dos outros dias – porventura manifestando isso também abstendo-se quer de cozinhar, quer de acender fogo – começar a dizer aos outros irmãos que devem observar o domingo como faz ele por amor do Senhor. Até porque esta ordem não pode ser confirmada de nenhuma maneira pelos Escritos do Novo Testamento; coisa que é completamente diferente a respeito do sábado porque na lei há muitas referências à ordem de observar o sábado.

Em conclusão, se um crente sente de honrar o Senhor não fazendo algum trabalho ou alguns trabalhos ao domingo, o faça, mas sem julgar ou desprezar quem não se comporta exactamente como ele ao domingo, porventura porque até tem um emprego em que é obrigado a trabalhar também no domingo algumas vezes.

 

Giacinto Butindaro

 

Post a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Read more:
A santificação: jogar fora o que sobrou do almoço e do jantar

  João diz que depois que Jesus matou a fome a cerca de 5000 homens com poucos pães e poucos...

Confutação de algumas heresias da Igreja Católica Romana: As peregrinações

A doutrina dos teólogos papistas As peregrinações proporcionam graças excepcionais e são escriturais. Um escritor católico afirmou que a peregrinação...

Close