Pages Menu
Categories Menu

Posted | 0 comments

Não crês que no fim Deus na sua grande misericórdia salvará todos?

Não, não creio de modo nenhum uma semelhante coisa porque é contrária ao ensinamento da Escritura a qual muito expõe e de várias maneiras diz que muitos seres humanos serão condenados.

Jesus por exemplo disse que “larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela” (Mat. 7:13); que quando Ele vier na sua glória com todos os anjos dirá aos que porá à sua esquerda: “Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos! Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes. Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos? Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim. E irão estes para o tormento eterno…” (Mat. 25:41-46); e que quem não crer no Evangelho será condenado (cfr. Mar. 16:16), e que quem tiver praticado o mal naquele dia ressuscitará para a ressurreição do juízo (cfr. João 5:29).

Paulo diz que Deus dará “a indignação e a ira aos que são contenciosos, desobedientes à verdade e obedientes à iniquidade. Tribulação e angústia sobre toda a alma do homem que faz o mal; primeiramente do judeu e também do grego” (Rom. 2:8-9); que o fim dos inimigos da cruz é a perdição (cfr. Fil. 3:19); e que Deus “querendo mostrar a sua ira, e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição” (Rom. 9:22).

Pedro diz que “os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios” (2 Ped. 3:7).

João diz que na visão na ilha de Patmos ouviu Aquele que estava assentado sobre o trono dizer as seguintes palavras: “Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho. Mas, quanto aos cobardes, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte” (Apoc. 21:7-8); e que no dia do juízo se alguém não for encontrado escrito no livro da vida será lançado no lago de fogo que é a segunda morte (cfr. Apoc. 20:15).

 

Giacinto Butindaro

Post a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Read more:
Quais são as coisas sufocadas de que nós nos devemos abster?

Consistem em todas as carnes de animais que não foram mortos por degolamento mas por sufocamento uma técnica de matar...

Depois de morto para um pecador há a possibilidade de ser salvo?

Não, no além não há nenhuma possibilidade de salvação para quem morre nos seus pecados. Está escrito de facto que "aos...

Close