Pages Menu
Facebook
Categories Menu

Posted | 0 comments

A santificação: sobre o mentir

 

Hoje, mentir é um hábito para muitos, um mau hábito devemos dizer. Mas vós, irmãos, não deveis vos conformar a este mau costume mas dizer sempre a verdade conforme está escrito:

“Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros” (Ef. 4:25).

Ananias quando levou o dinheiro aos pés dos apóstolos por lhes ter mentido dizendo que era tudo quanto ele e sua mulher tinham recebido pela venda de uma sua propriedade foi primeiro repreendido pelo apóstolo Pedro com estas palavras:

“Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo e retivesses parte do preço do terreno? Enquanto o possuías, não era teu? e vendido, não estava o preço em teu poder? Como, pois, formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus” (Actos 5:3-4),

e depois foi morto por Deus, de facto caiu e expirou. A mesma sorte tocou à sua mulher a qual poucas horas depois, a uma específica pergunta de Pedro sobre aquele dinheiro, confirmou a versão mentirosa do marido (cfr. Actos 5:7-10).

Irmãos, todos nós somos tentados em muitas ocasiões pelo diabo para dizer mentiras: resistamos ao diabo e digamos a verdade. Recordemo-nos que

“os lábios mentirosos são abomináveis ao Senhor” (Prov. 12:22)

e que todos os que amam a praticam a mentira serão lançados no lago ardente de fogo e enxofre (cfr. Ap. 21:8, 22:15).

Por fim uma última coisa: como nós crentes não devemos participar nas obras infrutuosas das trevas não nos é lícito mentir nem sequer para fazer um favor ao próximo. Me explico melhor; os que trabalham num escritório muitas vezes recebem a ordem ou do chefe do escritório ou de algum colega de trabalho para dizer quando respondem ao telefone a alguém que pede para falar com eles, que não está. Que deve fazer portanto o crente a quem é dito para dizer ao telefone que Fulano, momentaneamente não está no escritório quando na realidade ele se encontra no escritório e não quer ser perturbado? Ele deve se recusar a dizer a mentira, e por isso deve fazer presente a quem lhe diz para responder que não está, que ele quando responder dirá a verdade, por isso dirá que está no escritório se está no escritório, e que não está no escritório se na realidade não está no escritório.

Giacinto Butindaro

 

Post a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Read more:
O batismo pode ser ministrado também por aspersão?

Não, o batismo deve-se ministrar só por imersão. A própria palavra grega baptizo significa, de resto, 'imergir', ' mergulhar'. O...

O batismo na água é facultativo ou obrigatório?

É obrigatório porque Jesus quando ordenou aos apóstolos: "Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações" (Mat. 28:19), disse também logo...

Close