Pages Menu
Facebook
Categories Menu

Posted | 0 comments

Quem se exalta e quem se humilha

Há duas categorias de crentes, aqueles que se exaltam e aqueles que se humilham, em outras palavras os soberbos e os humildes.

Os primeiros fazem de tudo para serem vistos, para alcançarem lugares de condução no seio da Igreja (quando não têm as características necessárias) recorrendo até à mentira e à violência, aquilo que fazem o fazem só para serem vistos pelos outros, não importa se fazem uma oferta ou se evangelizam ou se fazem algo mais de justo. Estes têm depois a característica de ambicionarem coisas altas, carros de alta cilindrada, roupas de marca, casas de luxo, e tudo o mais que possa exaltá-los sobre os outros. Quando falam a soberba lhes cinge o pescoço como um colar , a boca parece que a têm no céu e não na terra. Estes serão humilhados por Deus porque está escrito que “qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado” (Lucas 14:11).

Os segundos, ao invés, não procuram a glória dos homens mas só a glória de Deus, são discretos e reservados, aquilo que fazem o fazem só para a glória de Deus e com uma boa consciência, não importa do que se trate. O seu desejo é o de agradar a Deus em vez de aos homens. Não ambicionam coisas altas mas se acomodam às coisas humildes; não procuram se mostrar e ainda que tenham recebido de Deus dons não se gloriam e não se exaltam sobre os outros. Estes são exaltados por Deus conforme está escrito: “Aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado” (Lucas 14:11).

Ninguém se iluda pensando que exaltando-se possa ter graça da parte de Deus porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes (cfr. 1 Ped. 5:5).

Quando alguém se exalta parece que Deus não faça caso disso, antes que o apoie e o confirme, em outras palavras parece que Deus esteja com os soberbos de coração, mas isto não é de modo nenhum verdade porque Deus consente ao soberbo exaltar-se, receber a glória dos homens, para depois o envilecer e humilhar a seu tempo. A mesma coisa – ao contrário porém – se deve dizer a propósito daquele que se humilha, muitas vezes parece que os humildes não tenham o favor de Deus, que Deus esteja até contra eles, mas também isto não é de modo nenhum verdade, porque a seu tempo Deus exalta os humildes. Oh, quão maravilhoso é ser exaltado por Deus! Se há uma coisa bela de experimentar na vida é precisamente a exaltação feita a nós por Deus. Mas atenção, uma vez exaltados, para não nos ensoberbecermos no nosso coração, doutra forma aquilo que nos espera é a humilhação infligida ainda por Deus.

 

Fonte

 

 

Post a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Read more:
pentecost
Falar em línguas – um sinal para os não crentes [testemunho]

‘A senhora Duncan no...

Santificação
A santificação: sobre as superstições

Nós crentes estamos ...

Close