Pages Menu
Facebook
Categories Menu

Posted | 0 comments

Por que é que nem todos os crentes falam em outras línguas?

Se por falar em outras línguas se entende o falar em línguas como sinal imediato do batismo com o Espírito Santo, evidentemente é porque nem todos os crentes são batizados com o Espírito Santo. E por que é que nem todos os crentes são batizados com o Espírito Santo? As razões são várias; ou porque não sabem que existe este batismo (um pouco como aqueles discípulos de Éfeso) ou porque lhes foi dito que o batismo com o Espírito Santo já o receberam quando nasceram de novo e não é acompanhado do falar em outra língua (pelo que não têm nenhuma intensão de pedir e desejar uma coisa que já têm!), ou porque estão ainda esperando serem batizados com o Espírito Santo.

 

Se, pelo contrário, por falar em outras línguas se entende o dom da diversidade de línguas – que é um dos dons do Espírito Santo citados por Paulo aos Coríntios -, evidentemente é porque nem todos os crentes têm este particular dom conforme está escrito: “Falam todos diversas línguas?” (1 Cor. 12:30). Neste último caso deve ser precisado porém que quando dizemos que nem todos os crentes têm este particular dom nos referimos a crentes batizados com o Espírito Santo que portanto falam em outra língua. Eles falam todos pelo menos em uma língua estrangeira, mas nem todos são capazes de falar várias línguas estrangeiras precisamente porque este é um dom do Espírito não concedido a todos. Quis fazer esta precisão porque sei que alguns pastores tomam estas palavras de Paulo para sustentar que nem todos aqueles que são batizados com o Espírito Santo necessariamente falam em línguas, coisa que não pode ser verdadeira porque o falar em línguas é uma manifestação espiritual presente em todo o crente batizado com o Espírito Santo; a manifestação espiritual que, pelo contrário, não está presente em todos os crentes batizados com o Espírito Santo é a diversidade de línguas.

 

Para resumir dizemos portanto quanto se segue; como o falar em outras línguas é parte integrante do batismo com o Espírito Santo que se recebe depois de ser nascido de novo, quem não fala pelo Espírito em nenhuma língua estrangeira não foi ainda batizado com o Espírito Santo (foi todavia batizado pelo Espírito no corpo de Cristo, pelo que é para todos os efeitos um crente, um filho de Deus). Enquanto quem foi batizado com o Espírito Santo, embora fale em outra língua não tem necessariamente o dom da diversidade de línguas, porque esta manifestação do Espírito não é concedida a todos.

 
Fonte: portoghese.lanuovavia.org

Post a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Read more:
Ouvi falar de livros apócrifos (presentes nas Bíblias católicas); de que se trata?

São livros que a Igreja Católica Romana acrescentou ao cânon da Bíblia (isto é, ao conjunto de livros reconhecidos sagrados...

Thalles Roberto ensina o filho a usar violência para se defender

O cantor e 'pastor' Thalles Roberto, no video abaixo diz que ensina para o proprio filho a responder à violência...

Close