Pages Menu
Facebook
Categories Menu

Posted | 0 comments

O que tens que fazer para obteres a remissão dos teus pecados

RisurrezioneTu contraíste dívidas para com Deus, o teu Criador, porque tu transgrediste a sua lei. Esta lei diz para não matar, e tu mataste; ela diz para não roubar, e tu roubaste; ela diz para não cometer adultério, e tu cometeste adultério; ela diz para não blasfemar, e tu blasfemaste o nome de Deus; ela diz para não mentir, e tu amas e praticas a mentira; ela diz para não cobiçar coisa alguma do teu próximo, e tu porém cobiças os bens do teu próximo. A lei de Deus ordena também para não fazer escultura ou imagem alguma do que há em cima no céu ou embaixo na terra e para não servi-las, e tu porém fizeste para ti esculturas e imagens representando homens e mulheres e também animais e te prostras diante delas venerando-as, orando-lhes e servindo-as de várias maneiras. A lei de Deus diz para honrar os próprios pais mas tu lhes faltas ao respeito.
 
Diante de Deus portanto, tu és culpado. O sentido de culpa o experimentas no teu íntimo porque a tua consciência te repreende continuamente testificando-te que tu agiste mal para com o teu próximo e para com Deus, mesmo se ainda não o conheces. De vez em quando procuras calar a tua consciência porventura fazendo o bem, dando alguma esmola, mas ela continua inexoravelmente a repreender-te e isto o sabes muito bem mesmo se não o queres reconhecer. Alguém depois te disse para te ires confessar a um padre porque ele tem a autoridade divina de perdoar aos homens os seus pecados. E assim fizeste como te foi dito; te dirigiste a um confessionário e depois de ter enumerado ao padre os teus pecados recebeste dele a absolvição. Por um momento pensaste que finalmente a tua consciência não te repreenderia mais por causa das tuas transgressões, mas nada do que pensaste aconteceu porque aquela voz interna, que só tu podes ouvir, continuou a acusar-te com força. Estás desesperado, não sabes o que fazer para te livrares deste frustrante sentido de culpa, não sabes o que fazer para obteres a remissão das tuas dívidas; todo o remédio resultou vão. Porventura te passou pela mente também o pensamento que só a morte pode expiar as tuas transgressões pelo que é melhor acabar com esta vida; não executes um tal acto porque assim fazendo não resolverás absolutamente nada, antes aumentarás as tuas transgressões porque te matarás a ti próprio e então não terás mais alguma possibilidade de obter o cancelamento delas porque irias para o inferno carregado de todas as tuas transgressões sem ter mais a possibilidade de ser perdoado.
 
Tu então me dirás: ‘Mas então o que tenho que fazer para obter a remissão dos meus pecados e libertar-me deste sentido de culpa que me persegue noite e dia?’ Eis o que tens que fazer: ‘Te deves antes de tudo arrepender de ter pecado contra Deus e contra o teu próximo, em outras palavras deves provar um forte sentimento de desgosto por todo o mal que fizeste e te propores a não cometê-lo mais. Depois disto, deves crer com todo o teu coração no Evangelho, isto é, na Boa Notícia escrita na Bíblia que afirma que Deus na plenitude dos tempos enviou ao mundo o seu Filho, Jesus Cristo, para fazer a propiciação dos nossos pecados, isto é, para levar sobre o seu corpo os nossos pecados e morrer no nosso lugar a fim de nos reconciliar com Deus. A Bíblia, de facto, diz que Cristo morreu pelos nossos pecados, e mais que isso que ressuscitou dos mortos para a nossa justificação (cfr. Rom. 4:25). Crendo n`Ele obterás a remissão dos teus pecados conforme está escrito: “A ele todos os profetas dão testemunho de que todo o que nele crê receberá a remissão dos pecados pelo seu nome” (Actos 10:43).
 
Porventura te perguntarás como é que basta só crer para obter o perdão dos próprios pecados; bom, a razão é porque ele é gratuito. Assim Deus estabeleceu, que o perdão seja por graça sem uma cooperação por parte do pecador e isto para evitar que o homem uma vez experimentado o perdão tenha de que se gloriar diante dele.
 
Mas há uma outra pergunta que porventura te estás fazendo, a saber, como é que foi necessário que Deus desse o seu Filho Jesus para prover a remissão dos nossos pecados; bom, a razão é porque segundo Deus sem derramamento de sangue nãopode haver remissão dos pecados (cfr. Hebr. 9:22). Isto, Deus o tinha já mostrado ainda antes da vinda de Jesus Cristo, debaixo do Antigo Testamento, quando tinha ordenado aos Israelitas no deserto oferecer animais em sacrifício pelos seus pecados, ou seja, como oferta propiciatória pelos seus pecados. O sangue daqueles animais porém não perdoava os pecados sendo só uma sombra do verdadeiro sangue que Cristo Jesus, o Cordeiro de Deus derramaria nos últimos tempos; é impossível de facto que o sangue de touros e de bodes tire os pecados da consciência dos homens (cfr. Hebr. 10:1-4), só o sangue de uma criatura perfeita como era Jesus Cristo (criatura porque no exterior foi achado como um homem, mas ele era também Deus) podia tirar os pecados da sua consciência.
 
O sangue que portanto Jesus Cristo derramou sobre a cruz, o derramou para que mediante ele fossem apagados da nossa consciência os nossos pecados. Não penses que Deus seja um Deus cruel por ter agido assim, porque Deus agiu assim precisamente pelo motivo oposto, isto é, porque Ele é piedoso e misericordioso.
 
Sejas tu homem ou mulher, isto é o que tens que fazer para obteres a remissão dos teus pecados e começar a viver uma vida em paz com Deus porque reconciliado plenamente com Ele. Não há um outro modo; sabe-o. Não te iludas; já te tens iludido/a por bastante tempo, deixa de fazê-lo. Agora, onde quer que tu estejas, arrepende-te dos teus pecados e crê no Senhor Jesus Cristo, o Cordeiro de Deus que foi imolado para a remissão dos nossos pecados e no instante provarás a bondade de Deus e a misericórdia de Deus obtendo uma consciência purificada das obras mortas de que tu és escravo. A paz e o gozo do Senhor entrarão em ti e te sentirás nascer de novo, desaparecerá o sentido de condenação e em ti entrará a certeza de ter sido perdoado e reconciliado com Deus. Não sentirás mais a ira de Deus pesar sobre ti e pronta a lançar-te no inferno, porque em Cristo serás um filho de Deus com a vida eterna em ti mesmo. Sim porque além da remissão dos pecados, pela fé em Cristo, se obtém também a vida eterna conforme está escrito:

“Quem crê no Filho tem a vida eterna” (João 3:36).

Terás pois a certeza de ir para o céu quando chegar a tua hora; não mais para o inferno como agora mereces pelas tuas transgressões, mas para o paraíso, pela graça de Deus, mediante a fé em Jesus Cristo.
 
Não demores a tomar esta decisão tão importante, tão decisiva. Não presumas do dia de amanhã porque não sabes aquilo que um dia possa produzir. Sabe que muitos antes de ti ouviram esta mensagem mas pensando ter muito tempo diante deles não obedeceram logo a ela, e sem contar morreram achando-se em poucos instantes nos tormentos indizíveis do fogo do inferno. Hoje, se ouvires a sua voz não endureças o teu coração; Ele te chama ao arrependimento, não te desvies do seu apelo.

Fonte

Post a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Read more:
pastor-abilio-santana-206x250
Pastor afirma que Jesus tinha Casa na Praia

José Abílio Silva de...

Santificação
A santificação: sobre o aborto

Abortar é pecado por...

Close