Pages Menu
Facebook
Categories Menu

Posted | 0 comments

Confutação de algumas heresias da Igreja Católica Romana: As procissões

A doutrina dos teólogos papistas
 

Processioni-della-Settimana-Santa-a-Taranto-14545_c300As procissões são súplicas feitas para louvor de Deus. Na liturgia católica a procissão é uma súplica solene feita em honra e louvor de Deus ou dos santos, em agradecimento, em penitência e em expiação, especialmente em tempos de calamidade. Existem procissões ordinárias, que ocorrem todos os anos em algumas festas ou em certos lugares (das velas, das palmas etc.), e procissões extraordinárias que são convocadas por circunstâncias particulares em ocasião de uma calamidade ou de um agradecimento. A mais solene, dentre todas as procissões, é a procissão eucarística da festa do Corpus Domini (Corpo do Senhor).
 

Confutação
 

A procissão não é uma prática escritural mas uma prática de origem pagã

Tem a procissão um fundamento bíblico? Nenhum. No livro dos Actos dos apóstolos, em que Lucas narra de maneira pormenorizada como se desenvolvia a vida da Igreja primitiva em Jerusalém; e nas epístolas que os apóstolos escreveram às Igrejas não encontramos rasto de nenhuma procissão em honra e louvor de Deus, ou para pedir-lhe chuva ou esconjurar uma tempestade. Também no que diz respeito ao pão que era partido e distribuído aos fiéis em comemoração da morte de Cristo, não se diz que ele era levado em procissão pelas ruas das cidades ou das povoações. Também as procissões em honra dos santos ou de mártires não existiam. Ao contrário hoje estas procissões em honra dos santos (os verdadeiros e os falsos) estão muito difundidas no seio da igreja romana; todos os anos, em todas as terras, é levada em procissão a estátua que figura Fulano ou Sicrano que se diz seja o protector da terra. E o povo sem entendimento se prostitui após estes ídolos mudos que são abominação para Deus, adorando-os, invocando-os para que os proteja, agradecendo-lhes; e assim em vez de dar a glória Àquele a quem pertence a glória, a dão aos seus ídolos. Até quando durará isto? A procissão é um costume pagão. Na Grécia o início dos jogos de Olímpia era precedido por uma procissão formada pelos magistrados das cidades, pelos sacerdotes e por representantes das várias cidades que iam oferecer um solene sacrifício a Zeus. Também no Egipto a procissão era um costume muito difundido; no dia fixado a imagem do seu deus era posta sobre um carro em forma de barco, e se a procissão procedia sobre o Nilo, o sacerdote e o povo acompanhavam a imagem do seu deus pela margem com danças, cânticos e luminárias. Portanto, ainda uma vez, emerge de maneira clara que o catolicismo contém um enésimo costume de origem pagã.

Fonte

Post a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Read more:
stefani-saad
Stefani Saad, ex-maçon 33° grau, faz nomes de ‘pastores’ maçons

Segundo o testemunho...

vinho casamento
‘Apóstolo’ Adelino de Carvalho e o vinho de Caná de Galiléia

No site do ‘apostolo...

Close