Pages Menu
Facebook
Categories Menu

Posted | 0 comments

A hierarquia eclesiástica romana em confronto com a Escritura

30_clip_image002Que diz a Escritura? Confirma ou desmente esta hierarquia eclesiástica existente no seio da igreja romana? Antes de tudo ela diz que no seio da Igreja não há nenhuma casta dominante subdividida em graus hierárquicos como há entre os Católicos e as religiões orientais, porque todos os crentes, embora tenham dons diferentes segundo a graça que Deus lhes deu, têm igual importância diante de Deus. Nenhum efectivamente pode dizer de ser tido por Deus em maior consideração do que um outro. Para confirmação disso vos recordo que Paulo aos Gálatas, falando dos que gozavam de particular consideração entre a Igreja (isto é, Tiago, Cefas e João), diz:

“Quais outrora tenham sido, nada me importa; Deus não faz acepção de pessoas” (Gal. 2:6).

Como disse antes os crentes têm dons diferentes, porque “também o corpo não é um só membro, mas muitos” (1 Cor. 12:14) que têm funções diversas segundo a medida do dom de Cristo.

Vejamos portanto quais são os ofícios estabelecidos por Deus na sua Igreja: Paulo diz aos Coríntios:

“E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, diversidade de línguas” (1 Cor. 12:28), e aos Éfesios: “E ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e doutores, tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo” (Ef. 4:11,12). 

Os apóstolos são aqueles que são enviados pelo Espírito Santo para pregar noutras nações (o termo grego apostolos significa ‘mensageiro’), eles fundam igrejas e fazem eleger para cada Igreja anciãos.

Os profetas são aqueles que receberam o dom de profecia e dons de revelação (que são: dom de palavra de sabedoria, dom de palavra de ciência, e dom do discernimento dos espíritos).

Os doutores são aqueles que ensinam diligentemente as doutrinas contidas na Escritura.

 
Os evangelistas (evangelista deriva do grego euaggelistes que significa ‘portador de boas notícias’). São aqueles que vão de cidade em cidade a anunciar o Evangelho com os dons de curar, e expulsam os demónios em nome de Jesus.

Os pastores são aqueles que devem apascentar o rebanho de Deus, junto com os anciãos (que são chamados em grego presbyteros e correspondem aos bispos); eles cuidam das ovelhas e as instruem. (O termo ancião (em grego presbyteros) indica a idade madura do crente, enquanto o termo bispo o ofício que ele ocupa porque a palavra grega episkopos significa ‘vigilante’ ou ‘guardião’).

Os diáconos (o termo deriva do grego diakonos que significa ‘servidor’), são encarregados para desempenhar serviços assistênciais de vários géneros em prol dos pastores e dos anciãos e dos pobres e das viúvas. Eles não têm que ter a capacidade de ensinar para ocupar este ofício, e por isso este ofício pode ser ocupado também por mulheres.

Como podeis ver não são mencionados nem o ostiariato, nem o leitorato, nem o exorcistato, nem o acolitato, e nem ainda o subdiaconato, e nem ainda o cardinalato, e muito menos o papa.

Por quanto respeita depois ao presbiterato católico é necessário dizer que ele não é o da Escritura, porque além das razões acima expostas, a Escritura não faz distinção entre presbíteros e bispos; de facto os bispos são os presbíteros, e os presbíteros são os bispos. Portanto também estes termos, quando usados pelos teólogos católicos, não se referem ao ofício de que fala a Escritura. Por quanto respeita ao diaconato importa dizer uma coisa semelhante; o nome do ofício é escritural, mas, para além de dizer que os seus diáconos são incrédulos como os seus padres, os diáconos católicos não cumprem de modo nenhum as funções que deve exercer um verdadeiro diácono. Basta recordar que têm que servir o sacerdote na missa solene para se dar conta da diferença que existe entre o diaconato bíblico e o do catolicismo. 
 

Fonte

Post a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Read more:
jakobsweg-747481_960_720
Confutação de algumas heresias da Igreja Católica Romana: As peregrinações

A doutrina dos teólo...

sana-dottrina
A Trindade

Como temos então vis...

Close